Vibrações transmitidas ao sistema mão-braço

Introdução

A Directiva 2002/44/EC estabelece prescrições mínimas em matéria de protecção dos trabalhadores contra os riscos para a sua segurança e saúde resultantes ou susceptíveis de resultar da exposição a vibrações mecânicas. A avaliação do nível de exposição às vibrações baseia-se no cálculo do valor da exposição diária A(8), normalizada num período de referência de 8 horas. Depois do valor A(8) ter sido estabelecido, deve ser comparado com os valores de acção e de limite de exposição. Dado que a Directiva estabelece prescrições mínimas, é importante consultar a legislação de cada Estado-Membro e verificar se são aplicadas disposições mais rigorosas no que respeita os valores de exposição. Dependendo do valor de acção de exposição diária (EAV) e do valor-limite de exposição diária (ELV), a entidade patronal tem a obrigação de tomar medidas adequadas para controlar a exposição à vibração.

Valor de acção de exposição (EAV)

Sempre que um operador estiver exposto a vibrações A(8) que ultrapassam o nível de exposição diária fixado em 2,5 m/s², a entidade patronal deve efectuar uma avaliação dos riscos e introduzir medidas para controlar a exposição dos trabalhadores. Para mais informações, consultar a Directiva 2002/44/EC e a legislação pertinente dos Estados-Membros.

Valor-limte de exposição (ELV)

A exposição diária dos trabalhadores não deve ultrapassar o valor-limite de exposição fixado em 5,0 m/s².

Medidas recomendadas com vista a reduzir a exposição a vibrações mecânicas

Use apenas máquinas portáteis com a menor emissão de vibrações possível. Esta recomendação pode ser considerada a mais importante. Os níveis de vibração estão normalmente especificados na documentação técnica do fabricante. Reduza o tempo de utilização da ferramenta. Como o valor A(8) está relacionado com o valor de vibração e o tempo de exposição, a redução do tempo de trabalho é sempre uma alternativa a ponderar. Programas adequados de manutenção do equipamento. Siga as recomendações do fabricante. É especialmente importante a manutenção do equipamento de corte e dos órgãos rotativos que podem ficar desequilibrados devido ao desgaste.

Calculador da exposição a vibrações transmitidas ao sistema mão-braço

Este calculador foi desenvolvido para medir a exposição a vibrações nas seguintes condições: Valor de vibração equivalente, ahv,eq. Medido segundo os procedimentos constantes na norma ISO 5349-1 ou de acordo com outras normas de medição relevantes baseadas na norma ISO 5349-1 para a ferramenta em causa. Tempo de exposição diário típico, Texp. O tempo de exposição é sempre inferior ao tempo de trabalho diário. Para a maior parte das ferramentas mecânicas, a avaliação de Texp provém de um estudo internacional (CEN Technical Report - “Guideline for the assessment of exposure to hand-transmitted vibration based on information provided by manufacturers of machinery”). Para as máquinas não incluídas neste relatório, Texp foi estimado a partir de estudos de tempo. Ver o Quadro 1. A avaliação de A(8) é, portanto, válida apenas para estas condições. Se a máquina for usada numa aplicação especial ou se o tempo de exposição não for relevante, esses factores devem ser levados em conta na avaliação de A(8).

Instruções de utilização

O calculador está dividido em duas secções. A secção do lado esquerdo fornece imediatamente o valor de exposição A(8) de cada ferramenta baseado num período de utilização de 8 horas. A secção do lado direito é o calculador propriamente dito. Calcula a exposição parcial de cada ferramenta em função do tempo de utilização. Se um trabalhador usar várias ferramentas durante o dia de trabalho, o calculador fornece também os valores de exposição A(8) totais dessas ferramentas. Escolha o modelo da ferramenta. O valor A(8) e o valor de vibração equivalente ahv,eq do modelo escolhido aparecerão na secção esquerda ao lado do campo de modelo. Se escolher vários modelos, cada modelo aparece numa nova linha no campo de modelo. Para calcular um novo valor de exposição A(8) de diferentes ferramentas ou diferentes tempos de utilização, insira simplesmente o tempo estimado de utilização diária de cada ferramenta nos campos brancos. O resultado aparecerá na coluna “Exposição diária parcial”. Se utilizar várias ferramentas, o calculador apresenta o valor de exposição acumulado A(8) durante todo o dia de trabalho na célula abaixo da coluna “Exposição diária parcial”. Os avisadores cromáticos na parte inferior mudam consoante o valor A(8).Verde - A exposição diária a vibrações é inferior a 2,5 m/s².Amarelo - A exposição diária a vibrações ultrapassa o valor de acção de exposição fixado em 2,5 m/s².Vermelho - O valor de exposição diária a vibrações ultrapassa o valor-limite de exposição fixado em 5 m/s². Para apagar todas as células e fazer um novo cálculo, clique no botão “Repor”.

Cálculo para ferramentas mecânicas não incluídas na lista

O valor de exposição A(8) é conhecido

O calculador tem duas opções para incluir outras ferramentas mecânicas. A opção mais simples é quando os valores de exposição nominais A(8) das ferramentas são conhecidos. Seleccione a opção “Outro” na lista de modelos. O calculador utiliza então automaticamente o tempo de exposição a vibrações típico do referido grupo de ferramentas. Ver o Quadro 1. Edite o nome no campo de modelos (não é obrigatório). Escreva o valor de exposição A(8) na terceira coluna da secção do lado esquerdo. Utilize depois o calculador como descrito no título “Instruções de utilização”.

O valor de exposição A(8) não é conhecido

Se o valor de exposição A(8) não for conhecido, o valor de vibração equivalente ahv,eq de cada pega deve ser determinado. Para determinar o valor ahv,eq é necessário conhecer os valores de aceleração das vibrações ahv de cada pega e o modo de funcionamento. ahv é a raiz quadrada da soma dos quadrados dos valores de vibração ahw medidos na pega ao longo de três eixos (x, y, z) e deve ser fornecido pelo fabricante.

Equação 1: ahw = raiz quadrada da soma de a²hwx + a²hwy + a²hwz (1)

O valor de vibração equivalente ahv,eq é a soma das vibrações nas diferentes condições de operação. O calculador usa ahv em combinação com o tempo de exposição ti de cada modo de operação para calcular ahv,eq. O valor ahv,eq deve ser calculado separadamente para ambas as mãos. Contudo, uma vez que apenas se usa o valor da “pior” pega, é esse valor que deve ser inserido no calculador. O calcular determina agora o valor de exposição diária A(8), o qual aparecerá na secção do lado esquerdo do calculador. O calculador usa uma terceira equação (3) para determinar a exposição diária normalizada para um período de 8 horas A(8) utilizando o valor da vibração equivalente ahv,eq e o tempo de exposição típico Texp da ferramenta em questão. Ver o Quadro 1.

Equação 2: ahveq = raiz quadrada da soma de 1 dividido por T derivada de n por i=1 multiplicado por a²hvi multiplicado por ti (2)
Equação 3: A(8) = ahveq multiplicado pela raiz quadrada de Texp dividido por 8 (3)

Seleccione a opção “Outro” na lista de modelos. O calculador utilizará então automaticamente o tempo de exposição a vibrações típico do referido grupo de ferramentas. Ver o Quadro 1. Edite o nome no campo de modelos (não é obrigatório). Insira o valor ahv,eq da “pior” pega (valor máximo) na segunda coluna da secção do lado esquerdo do calculador. O calcular determina agora o valor de exposição diária A(8), o qual aparecerá na terceira coluna da secção do lado esquerdo do calculador.

Quadro 1 – Tempos de exposição diária típicos

Tempos de exposição diários típicos na utilização de máquinas portáteis com motor de combustão durante um dia de trabalho de 8 horas. Fonte: CEN-Technical report “Guideline for the assessment of exposure to hand-transmitted vibration based on information from manufacturers of machinery”.

Tipo de máquina Aplicação Tempo de exposição típico
Motosserras de podar árvores Arboricultura 2,4 horas
Motosserras profissionais<80 cm³ Exploração florestal, paisagismo 3,7 horas
Motosserras profissionais<80 cm³ Exploração florestal 3,7 horas
Aparadores de relva Paisagismo 4,0 horas
Roçadoras Manutenção de estradas, paisagismo 3,5 horas
Corta-sebes Paisagismo 3,5 horas
Sopradores de folhas Serviços públicos 3,0 horas
Corta-bordaduras Paisagismo 3,0 horas
Máquinas de corte (portáteis) Construção, obras públicas 1,0 horas
Máquinas de corte (móveis) Construção, obras públicas 2,5 horas

Nota! As durações de exposição indicadas foram avaliadas em condições de utilização normais. Em 90 % das aplicações investigadas, o tempo de exposição diária era inferior aos valores indicados. Estima-se que em 10 % das aplicações o tempo de exposição seja superior. Portanto, é importante analisar cuidadosamente a tarefa de trabalho para determinar se o tempo de exposição é maior.

Quadro 2 – Sequências de tempo

Sequências de tempo dos diferentes modos de funcionamento de motosserras e outras ferramentas com motor segundo o relatório técnico do Comité Europeu de Normalização “Guideline for the assessment of exposure to hand-transmitted vibration based on information from manufacturers of machinery”.

Tipo de máquina Funcionamento em vazio Velocidade nominal Velocidade máxima
Motosserra para podar árvores 1/3 T 1/3 T 1/3 T
Motosserras profissionais<80 cm³ 1/3 T 1/3 T 1/3 T
Motosserras profissionais<80 cm³ 1/2 T 1/2 T
Aparadores de relva 1/2 T 1/2 T
Roçadoras 1/2 T 1/2 T
Corta-sebes 1/5 T 4/5 T
Sopradores de folhas 1/7 T 6/7 T
Corta-bordaduras 1/2 T 1/2 T
Máquinas de corte (portáteis) 1/7 T 6/7 T
Máquinas de corte (móveis) 1/7 T 6/7 T